Sobre a Autora


Heloiza Rodrigues
BIÓLOGA COM MESTRADO EM FISIOLOGIA E BIOQUÍMICA DE PLANTAS | USP
Com 25 anos de experiência, a paisagista alia seus conhecimentos científicos ao know how adquirido em consultorias de manutenções de jardins, possibilitando

Nossas redes


O Segredo dos Jardins feitos para durarem


Paisagismo Universidade Positivo

Quando viajamos para o exterior ficamos encantados com os jardins dos parques públicos e dos palácios que visitamos. Para a maioria das pessoas que visitam estes lugares estes jardins são apenas pontos turísticos que ficarão guardados em suas memórias e em suas fotos, mas na verdade eles podem nos passar muitas informações e reflexões sobre a cultura daquele povo. 
 
Algo que não pode nos passar despercebido diz respeito à idade daqueles jardins. Há quanto tempo ele foi criado? Quais eram as condições existentes naquela época para a construção daquele jardim? Quantos anos têm aquelas plantas? Que cuidados foram dispensados durante todos estes anos, muitas vezes séculos, para que aquele jardim se mantivesse tão lindo até a sua visita?
Imagem-2BPost-2BHeader
O povo europeu e também o asiático, que está acostumado com séculos de história e receberam uma educação que valoriza esta história, olham para estes jardins com o respeito que merecem e são capazes de aprender com eles o que a sabedoria da natureza nos ensina – paciência e cuidados são necessários sempre, em tudo na vida.
 
Isto realmente nos faz refletir sobre o imediatismo que se transformou nossas vidas, quando queremos tudo para ontem e em se tratando de jardins que já esteja pronto e acabado quando terminada a implantação. Ao contrário de um projeto de arquitetura ou mesmo de decoração, que ao terminar a obra ou ao se colocar o último quadro ou tapete, já esta pronto, o projeto de paisagismo ao se terminar a implantação ele esta apenas começando. A natureza se encarregará de deixá-lo pronto ao longo dos anos e responderá também aos cuidados que serão dispensados a ele.
 
Quando tratamos de empreendimentos imobiliários, causa-nos arrepios quando ouvimos dos investidores que o jardim precisa estar bonito na entrega da obra, mas não há necessariamente a preocupação de como ele se desenvolverá ou se sustentará daqui a um ano, cinco ou dez anos, pois a empresa não terá mais responsabilidades sobre o jardim.
 
Banco-2Bde-2BBoston
Banco de Boston
Ao visitamos o jardim do Banco de Boston de São Paulo que possui uma área sobre laje com aproximadamente 10 mil m², criado pela paisagista Isabel Duprat em 2002, podemos perceber os cuidados de uma profissional ao criar um jardim para um empreendimento que se transformou em um marco que combinou a arquitetura diferenciada de um prédio inteligente a um paisagismo arrojado e ao mesmo tempo natural, estando ambos em completa harmonia.
 
O mesmo sentimento temos ao passarmos por entre os canteiros da praça do Edifício Brascan Century Plaza em São Paulo, projetado também em 2002, pelo paisagista Benedito Abbud em parceria com os arquitetos Jorge Konigsberger e Gianfranco Vanucchi. O jardim foi projetado pensando-se, segundo os autores, não só na qualidade de vida das pessoas que trabalham no edifício, mas também de todas as pessoas que circulam pelo local.
 
Edif-25C3-25ADcio-2BBrascan-2BCentury-2BPlaza
Edifício Brascan Century Plaza
Quando projetamos o jardim da Universidade Positivo, no ano de 2000, tivemos como conceito utilizar o jardim como uma fonte de educação e cultura da mesma forma que é proporcionada pela universidade. As espécies ornamentais que seriam utilizadas deveriam ser originárias dos mais diversos países e a presença delas no jardim deveria, também, ser uma fonte de conhecimento para os alunos. Passados 15 anos de sua criação e implantação, encontramos um jardim já adulto e que a cada estação apresenta suas características através das florações, frutificações e efeitos outonais.
 
Com estas reflexões podemos concluir que um jardim quando bem planejado e cuidadosamente implantado poderá ser desfrutado por gerações, levando qualidade de vida e encantamento a todos que o visitam e que esta deveria ser a premissa de todo aquele que cria ou que contrata um profissional para criar um jardim, pois eles devem ser feitos para durarem.
botao contato

 


Heloiza Rodrigues - 20/10/2015
error: Direitos Reservados - Prima Plantarum